TRE-SP: A PERGUNTA DE UM CANDIDATO É A DÚVIDA DE MUITOS

outubro 25th, 2016 por Carla Queiroz Pereira

Quando a banca FCC, no edital do TRE-SP, escreve que o candidato, na prova discursiva-redação, ‘deverá desenvolver um texto dissertativo sobre um tema atual, o qual poderá versar sobre tema relacionado a área de atividade ou a especialidade do cargo’, o que se pode esperar?

É pouco provável que a banca dê um tema do tipo “A IMPORTÂNCIA DA SAÚDE PSICOLÓGICA PARA O BEM-ESTAR PESSOAL”. Digo “pouco provável” porque a banca usa o verbo “poderá”! Logo, até esses podem ser cobrados.

Possivelmente, pessoal, a FCC apresentará um tema que tem relação com o órgão TRE ou cargo, mas sem ser tema técnico ou específico, isto é, sem ser tema relativo às matérias de Direito Constitucional, Administrativo, Eleitoral etc.

Se você vai prestar esse concurso, a tendência é a banca apresentar temas como “JUSTIÇA ELEITORAL COMO FORMA DE FORTALECIMENTO DA DEMOCRACIA”, “CORRUPÇÃO NO BRASIL: HÁ UMA SAÍDA?”, “CIDADANIA E JUSTIÇA NO BRASIL”, ENTRE TANTOS OUTROS. Note que são temas atuais/gerais relacionados diretamente ao TRE… Temas como esses o candidato não pode deixar de escrever, ainda mais considerando que a redação terá PESO 2.

Grande abraço a todos e uma ótima semana!