Quais são seus objetivos ao escrever?

março 25th, 2016 por Carla Queiroz Pereira
Ontem, durante uma aula, falei sobre um aspecto muito importante para a boa escrita de cada parágrafo do desenvolvimento de um texto dissertativo: ter muito bem definido o OBJETIVO visado no parágrafo!!! Se isso não estiver bem definido, É MUITO PROVÁVEL A DISTRAÇÃO, O “PASSEIO” POR OUTROS ASSUNTOS QUE NÃO INTERESSAM AOS PROPÓSITOS DO TEMA DA PROVA!
Na referida aula, o tema em discussão era “O uso da poesia no cotidiano”, e o texto motivador tratava da possível aplicação (ou não) da poesia a um ou outro contexto. Sendo assim, entenda, PRIMEIRAMENTE, a proposta! É esse entendimento que NÃO PERMITIRÁ A VOCÊ ESCOLHER O QUE QUER ESCREVER A SEU BEL PRAZER.
Se a questão central é sobre poesia (e NÃO sobre humor, felicidade, diferenças culturais etc.), escreva, inicialmente, sobre POESIA! O que ela é, o que ela representa, sua importância etc.; pode, inclusive, CITAR NOMES DE POETAS (você sabe os nomes de alguns conhecidos poetas brasileiros, certo??? Então mostre esse conhecimento ao seu examinador, ora!). Parece óbvio eu dizer tudo isso, mas os textos que leio todos os dias me mostram que eu preciso falar e escrever o que acabo de dizer.
Repito (e desculpe-me a insistência): a redação, no caso aqui em questão, é sobre POESIA!!! É sobre poesia e sua APLICAÇÃO (EM QUE CONTEXTOS SERIA, OU NÃO, ADEQUADO O SEU USO). Escrito o primeiro parágrafo do desenvolvimento, o seu segundo parágrafo poderia tratar da aplicação da poesia (pode esse gênero ser usado em quaisquer contextos?) Lembre-se disso e não fique à deriva.
Finalizei a aula dizendo ao meu aluno: “Eu insisto porque acredito em você e sei que você pode produzir um texto cada vez melhor! E, please, nada de se aventurar a olhar modelos fechados, pelo amorrrr de Deus; você já provou e percebeu que isso não costuma dar certo”!
Grande abraço. Um ótimo feriado!