Conselhos de uma concurseira prudente

março 7th, 2016 por Carla Queiroz Pereira

“Escrever uma excelente redação, digna de um 10, não é tarefa fácil. Pelo contrário, requer do aluno muito comprometimento e disciplina com todo o processo. Por isso, não se engane achando que na hora da prova todas as ideias irão magicamente surgir e você escreverá uma excelente redação por ter lido alguns temas e escrito alguns outros. Essa era uma ideia equivocada que eu possuía. Porém, aprendi com as aulas da professora Carla – e com a prova do TRT-MT – que treinar a dissertação é tão importante quanto as demais matérias e, por isso, deve ser incluída na grade de estudos; não se deve treinar a escrita somente quando um novo edital está prestes a ser publicado. Embora isso possa lhe trazer, obviamente, algum ganho, não é a maneira adequada para obter a aprovação e uma boa classificação nos concursos. Não existem milagres quanto a isso. Ler, reler, escrever, reescrever, errar, aprender. O sucesso será obtido com a soma de todas essas ações!!!! ”

Isabelle Paim, candidata ao cargo de Analista Judiciário, Área Judiciária do TRT.