Como tem sido seu desempenho nas questões de interpretação da FCC?

setembro 16th, 2015 por Carla Queiroz Pereira

Muitos candidatos se queixam de que, apesar de já estudarem português há algum tempo, ainda erram muitas questões de interpretação. Por que isso ocorre? Preparar-se para uma prova de interpretação não é como preparar-se para responder questões de gramática. Enquanto as questões de gramática são mais previsíveis e, por isso, passíveis de memorização, as de interpretação são variadas e muitas vezes não previsíveis, obviamente pela singularidade dos textos.

Aliás, o que é interpretar? Realmente conhecemos os fatores envolvidos (e que devemos mobilizar) no trabalho de atribuição de sentido e interpretação? Durante a leitura dos textos expostos pela FCC, a quais aspectos precisaremos dedicar maior atenção?

Se você ainda erra questões de interpretação ou acerta com dúvida, está na hora de trabalhar de forma mais sistemática e adequada. É preciso saber o que está na base da interpretação. É preciso conhecer o papel do contexto (aliás, como identificá-lo); descobrir as intenções/os objetivos do autor do texto exposto na prova; saber estabelecer relações de sentido entre uma parte e outra do texto; compreender claramente que o sentido de uma parte depende das demais partes; identificar os recursos coesivos e entender os sentidos provocados por determinados elementos de coesão. Esses são só alguns importantíssimos aspectos.

Como, geralmente, trabalho esses e outros aspectos durante as aulas?

Sempre me baseio nas questões que você tem acertado com dúvida ou errado. Inicialmente, de forma bem simples e prática, trabalho aspectos teóricos fundamentais sem os quais uma boa interpretação se torna tarefa impossível. Em seguida, passamos às questões; importará, neste momento, conhecer as razões pelas quais você tem errado, compreender o seu raciocínio (o caminho que você percorreu para responder) e, a partir disso, intervir sobre ele, de forma que você possa refazer as hipóteses e marcar a opção correta. Passo a passo, prova após prova você perceberá que as dificuldades serão sanadas…

Bora trabalhar e acertar as 15 questões do TRT-PR!