Texto padrão cerimônia de abertura da Copa!

julho 24th, 2014 por Carla Queiroz Pereira

Final do jogo Brasil X Croácia… recebo mensagem no ‘whatsApp’ de uma cliente que eu atenderia no dia seguinte ao jogo: “Carlotaaa, vou fazer a redação agora; será que sai coisa boa”? Respondi em tom de brincadeira: “Bem, se for igual a abertura da Copa, tu tá lascada, garota”.

Mas, afinal, o que é um texto padrão abertura da Copa?

No mínimo, um texto que mostra muuuuuuuuuiiiiiito aquém do que poderia. A diferença entre a abertura da Copa no Brasil e o texto que li é que este foi escrito por uma cliente que já havia demonstrado capacidade de escrever excelentes dissertações; a cerimônia da Copa, diferentemente, foi organizada por uma belga que estava no país do carnaval, no país de grandes coreógrafos e músicos. Que lástima!

Pois bem, a cliente, quando enviou a mensagem, estava correta em sua previsão. Vejamos pelo menos duas razões pelas quais a dissertação com tema “A criatividade humana na contemporaneidade”  foi padrão cerimônia de abertura da Copa:

1. As informações selecionadas não eram condizentes com a complexidade do tema; foram escolhidas explicações rasas e mencionados exemplos simplórios para falar sobre criatividade;

2. Não foram estabelecidas relações entre o tema e outros conhecimentos de mundo.

Portanto, queridos, ao escreverem sobre quaisquer temas, lembrem-se disto: um tema sempre guarda RELAÇÃO com outros saberes, outros temas, outros campos… NÃO DEIXE DE PENSAR NISSO AO ESCREVER!

 

Pelo menos a cliente pôde reescrever o texto dela durante o atendimento e mostrar o que realmente já sabe fazer! Quanto ao Brasil… só se ele realmente estiver, um dia, na direção da abertura da Copa… talvez daqui uns 30 anos, não sei.