Para quem quiser pensar…

agosto 31st, 2013 por Carla Queiroz Pereira

Amo interagir com clientes comprometidos, conscientes e educados! É especialmente para estes que escrevo! Segue aqui mais uma orientação, tendo em vista o que tenho observado em algumas redações de outros candidatos.

É muito comum, em determinados temas, a prevalência de uma redação que se assemelha mais a uma descrição, não a uma dissertação. O candidato, nestes casos, passa, por exemplo, a apresentar as soluções para determinados problemas e os seus efeitos/ganhos, como vi em uma redação exigida no cargo para técnico do TRT-GO (Tema: Formação de Centros Urbanos Sustentáveis no Século XXI). Ao escrever sobre tal tema, uma candidata fez a exposição de como seria um centro urbano sustentável e, em seguida, apresentou os ganhos disso. Mas será que isso basta em uma dissertação? Não, não basta! É muito pouco, além de esse tipo de texto ter mais uma aparência descritiva do que dissertativa!!!

CUIDADO! O que se espera do candidato é muito mais do que isso! Espera-se que ele problematize a questão (veja que a banca solicitou o seguinte: “DISCUTA a formação [...]“), que ele reflita sobre a questão posta pela banca, que ele demonstre a complexidade do problema (ele poderia aplicar, por exemplo, o parágrafo da descrição de um ambiente sustentável à realidade brasileira, considerando os centros urbanos já populosos, a exemplo das grandes capitais). Se o candidato fizer isso, já saiu da mera descrição; passou a dissertar e aumentou suas chances de obter uma boa nota de conteúdo (sabe-se que, geralmente, a banca faz esta distribuição de pontos: 40 para o conteúdo, 30 para a estrutura e 30 para a expressão). É bom, então, considerarmos o que é discutir, refletir, pensar, problematizar…

Sendo assim, cabe mencionar novamente aquilo que você ouve frequentemente em nossas aulas: é necessário disposição para pensar, para relacionar fatos, para ler e reler, considerar o que leu, reescrever e, não raramente, para sofrer.

Segue também o tema para quem quiser pensar:

As áreas urbanas do mundo vão mais que dobrar de tamanho até 2030. O motivo é o crescimento descontrolado da população mundial, aliado a um processo migratório desordenado de pessoas para as zonas urbanas. O impacto desse crescimento será mais intenso em cidades pequenas e médias, diz estudo divulgado por ocasião de um encontro sobre biodiversidade na Índia.

No entanto, para alguns, o fato de o planeta ser obrigado a urbanizar novas áreas pode representar uma oportunidade para o surgimento de cidades planejadas, mais verdes e saudáveis.

(Adaptado de: g1.globo.com/…/expansão-de-cidades-ate-2030-e-chance-do-urbanismo-verde)

Considerando o que está transcrito acima, redija um texto dissertativo-argumentativo que discuta a formação de centros urbanos sustentáveis no século XXI.