A língua não é um espelho da realidade!

abril 13th, 2009 por Carla Queiroz Pereira

Há um monte de gente buscando uma relação direta entre as palavras e os objetos no mundo; pensam que a palavra deve (ou deveria) representar o mundo, como um espelho. Por não poder ser esse espelho da realidade, muitos dizem ser a língua imperfeita. Sem comentários…
Pois digo: por tal “imperfeição” (como dizem alguns) é que podemos interpretar, por exemplo, expressões idiomáticas como “chá de cadeira”, piadas, charges etc.

Que razão teria a existência da charge aqui apresentada se não pudéssemos conhecer o sentido de certa expressão e sua relação com o que foi recentemente noticiado na imprensa?

A propósito, você consegue explicar o sentido da charge?