Redação da Abin elimina candidatos com notas altas nas provas objetivas

novembro 14th, 2008 por Carla Queiroz Pereira

Passou nas objetivas, mas foi eliminado na redação

Acabei de ver as pontuações das provas objetivas e da dissertação do pessoal que fez a prova da Abin. Olha… teve gente com pontuação de 107,00 nas provas objetivas (a prova tinha 150 itens), ou seja, uma boa pontuação considerando as pontuações dos demais aprovados, bem como o fato de ser uma prova CESPE. Mas esse mesmo candidato que fez 107,00 pontos nas objetivas, fez 4,10 na prova dissertativa. Conclusão: está fora do concurso, afinal, a nota mínima exigida era 6,00. Esse é só um exemplo, pessoal. No site do CESPE podemos ver vários candidatos em situação semelhante.

Observo que muitos candidatos a concursos públicos sabem que a escrita de um bom texto não se restringe a determinados aspectos, como acentuação, pontuação, escolhas lexicais, gramática, ortografia, concordância e regência. Por isso, já aprenderam sobre a estrutura de um texto dissertativo, as informações que devem conter cada parte e, ainda, os conceitos de coesão, coerência, argumentação etc., tão falados em cursos preparatórios.

É preciso saber aplicar

É necessário que tais conceitos sejam vistos e discutidos, na prática. Não adianta só saber, por exemplo, que o elemento coesivo “se” expressa uma relação de condicionalidade. É preciso, no interior do texto, ver quais as relações de sentido foram estabelecidas pelo seu uso. Também não adianta saber o que é ambigüidade; tem que saber identificá-la em um texto real e saber desfazê-la. É por isso, também, que a escrita de um bom texto está intimamente associada à leitura. Na verdade, o processo de produção de textos envolve muitos aspectos que não trataremos agora; e o aperfeiçoamento dessa produção exige, inclusive, um leitor-interlocutor dos textos produzidos. Em muitos casos, esse leitor – profissional atuante na área – intervém no momento em que o texto está sendo produzido pelo seu autor.

Poderíamos citar muitos outros exemplos daquilo que não adianta só saber em termos de conceito, mas esse post ficaria enorme.